A Stranger Paradise

Add this page to Blinklist Add this page to Del.icoi.us Add this page to Digg Add this page to Facebook Add this page to Furl Add this page to Google Add this page to Ma.Gnolia Add this page to Newsvine Add this page to Reddit Add this page to StumbleUpon Add this page to Technorati Add this page to Yahoo

Bórgia Ginz

Ansiamos a instituição da livre circulação e transmissão de objectos da criação intelectual abstracta. O Homem não é; o Homem é uma potência do que pode vir a ser. E nós ambicionamos o Homem-outro. Nós não nos baseamos nas velhas teorias. Nós não nos baseamos em nada. Construimos realidade. A nossa.

astrangerparadise.com

 

Joséphine Muller

De jour en jour le besoin s'impose d'avantage. Il ne se prête plus guère à une considération détachée. La stylistique appliquée n'est pas l'observation du réel.

astrangerparadise.com/josephinemuller

 

Ian Linter

Non musika Excentrica IN! For electronikal renoise Key. Submit Random Science & reduction. Overflow cast Numar is for Den emon exp & la mort pour Vitas body convolution.

astrangerparadise.com/ianlinter

 

Juca Pimentel

Eu olho para Ti, e tenho medo, minha querida… Eu vejo-Te despida num sonho purpúreo e diabólico, e sinto nojo… e sinto vontade de vomitar, meu amor….

omnicorn.com/jp

Radio schedule

Tue Oct 24 @15:00 - 05:00PM
Free

Wed Oct 25 @15:00 - 05:00PM
Free

Thu Oct 26 @15:00 - 05:00PM
Free

Thu Oct 26 @20:00 - 08:59PM
O coleccionador de sons

Fri Oct 27 @15:00 - 05:00PM
Free

Juca Pimentel - Punheta rudimentar & Tremor - A Stranger Paradise
Sex on Saturday - Full Of Void - A Stranger Paradise

Newsletter


Creative Commons License

09 Dec

offb013 Joséphine Muller & Ian Linter - Human Khaos

Rate this item
(0 votes)
Joséphine Muller & Ian Linter - Human Khaos Joséphine Muller & Ian Linter - Human Khaos

Release Information

KHEOSTATIC - Joséphine Muller & Ian Linter

Composed improvisation, in three acts, around the magnificence of the Man, its origins and its exponential perception.




KHEOSTATIC - Joséphine Muller & Ian Linter

Improvisation composée, en trois actes, autour de la magnificence de l'Homme, ses origines et sa perception exponentielle.

KHEOSTATIC est une pièce improvisée d'une durée totale de près de trois heures cherchant de façon encyclopédique à effectuer une transcription sonore de plusieurs éléments qui constituent la réalité humaine, dans son langage, intellectualité et action. Dans cette seconde partie la dégénération sonore complète un cycle semi-contrôlé par des éclats électroniques de double précision : le chaos n'existe pas, le chaos est Humain. Les trois parties de KHEOSTATIC seront enregistrées en direct à La Société de Curiosités, Paris.





KHEOSTATIC - Joséphine Muller & Ian Linter

Improvisação composta, em três actos, em torno da magnificência do Homem, suas origens e sua percepção exponencial.

KHEOSTATIC é uma peça improvisada com duração total de cerca de três horas, na qual se procura de forma enciclopédica efectuar uma transcrição sonora de vários elementos que constituem a realidade humana, na sua linguagem, intelectualidade e acção. Nesta segunda parte a degeneração sonora completa um ciclo caótico semi-controlado por estilhaços electrónicos e de precisão dupla: o caos não existe, o caos é Humano. As três partes de KHEOSTATIC serão gravadas ao vivo na Société de Curiosités, Paris.


Authors: Joséphine Muller (FR), Ian Linter (PT)


Download Name Size Length
download Digital Metamorfose 42.1 MB 22:51 min
download Bit Tragedy 16.7 MB 8:58 min
download Fluids 17.8 MB 9:34 min
download 2079 18.1 MB 9:44 min


Image Gallery



Bórgia Ginz

Bórgia Ginz

Ansiamos a instituição da livre circulação e transmissão de objectos da criação intelectual abstracta. Como forma de acesso dos comuns mortais a realidades outras; como forma de incentivar cada indivíduo a criar a sua própria realidade. O Homem não é; o Homem é uma potência do que pode vir a ser. E nós ambicionamos o Homem-outro. Não confiamos no intelecto humano quando este se constroi encima da total ignorância sobre o absoluto da matéria. Apenas constatamos a intelectualidade que nasce da experimentação directa de um objecto material. O mundo tomba sob o peso de cada teoria nova baseada em velhas teorias do absurdo humano. Nós não nos baseamos nas velhas teorias. Nós não nos baseamos em nada. Construimos realidade. A nossa.

Website: astrangerparadise.com E-mail: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Add comment


Security code Refresh

Most recent

Most read