A Stranger Paradise

Add this page to Blinklist Add this page to Del.icoi.us Add this page to Digg Add this page to Facebook Add this page to Furl Add this page to Google Add this page to Ma.Gnolia Add this page to Newsvine Add this page to Reddit Add this page to StumbleUpon Add this page to Technorati Add this page to Yahoo

Bórgia Ginz

Ansiamos a instituição da livre circulação e transmissão de objectos da criação intelectual abstracta. O Homem não é; o Homem é uma potência do que pode vir a ser. E nós ambicionamos o Homem-outro. Nós não nos baseamos nas velhas teorias. Nós não nos baseamos em nada. Construimos realidade. A nossa.

astrangerparadise.com

 

Joséphine Muller

De jour en jour le besoin s'impose d'avantage. Il ne se prête plus guère à une considération détachée. La stylistique appliquée n'est pas l'observation du réel.

astrangerparadise.com/josephinemuller

 

Ian Linter

Non musika Excentrica IN! For electronikal renoise Key. Submit Random Science & reduction. Overflow cast Numar is for Den emon exp & la mort pour Vitas body convolution.

astrangerparadise.com/ianlinter

 

Juca Pimentel

Eu olho para Ti, e tenho medo, minha querida… Eu vejo-Te despida num sonho purpúreo e diabólico, e sinto nojo… e sinto vontade de vomitar, meu amor….

omnicorn.com/jp

Radio schedule

Tue Oct 24 @15:00 - 05:00PM
Free

Wed Oct 25 @15:00 - 05:00PM
Free

Thu Oct 26 @15:00 - 05:00PM
Free

Thu Oct 26 @20:00 - 08:59PM
O coleccionador de sons

Fri Oct 27 @15:00 - 05:00PM
Free

RTP - JAE - A Stranger Paradise
ZVoid (Trash is my heart) - Kum - A Stranger Paradise

Newsletter


04 Jun

Água Fria

Rate this item
(0 votes)

Água Fria

-Projecto in verbis
por J.P.

 

A mente é por natureza um poço de perversão. A supressão das mais elementares ilusões, que nos vibram golpes de encanto de vigor esplendoroso, significa a estupidificação de tudo o que nos faz ser e estar. Antes estar morto que mal vivo. Os cadáveres não procriam deformações. E a maior enfermidade dos grous da modernidade é serem eles tão somente a sua própria negação. Uma imensidão de castrados que se arrasta pela civilização e geme de luxúria ao virar da esquina, com as frontes inflamadas na observação de um rabo bamboleante de mulher, todos a conspirarem um mau cheiro de nojo sobreaquecido, tudo a ver-se através dos olhos estúpidos de aves de rapina que voam à altura dos meus pés, tudo é extremamente porco! E deixem os cãezinhos em paz...
As pichas douradas dos jovens aquecidos ao rubro! Magia! Com as vestes incendiadas das mulheres que antes de o serem o desejariam ser! Com os cerebelos todos doidos no acolhimento de uma arte que apodrece entre os seus dedos! Com toda a miséria de todo o mundo amontoada por detrás da porta que enfeitam com corações e caras dos amores dos outros! Com a luxúria que aprendem nos filmes  à Hollywood a fazerem-lhes cócegas nos rabos desproporcionais à inteligência, mas proporcionais à estupidez! Enormes! Eu digo: majestosamente enormes! Os rabos...
A majestade do mundo é precisamente tudo aquilo que felizmente o homem não alcança. Não fosse isso e os tomates enlatados dos homens que fornicam a arte há muito que teriam saído das suas latas velhas e nauseabundas para espalharem a sua letargia barata pelas latrinas municipais.
Um desespero fundamental.
Morram com a arte!

 

 



Juca Pimentel

Juca Pimentel

Eu olho para Ti, e tenho medo, minha querida… Eu vejo-Te despida num sonho purpúreo e diabólico, e sinto nojo… e sinto vontade de vomitar, meu amor….

Website: omnicorn.com/jp E-mail: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Add comment


Security code Refresh

Most recent

Most read